Notícias

A importância dos intervalos nos estudos

Olá pessoal!
Passo hoje por aqui para falar de um assunto que gera uma certa polêmica entre os concurseiros: os intervalos nos estudos!


Como o concurseiro normalmente tem um Plano de Estudos com muitas matérias, e cada matéria exige um volume enorme de assuntos a serem estudados, existe uma tendência de procurar estudar o maior número de horas seguidas, evitando a todo custo as interrupções que, a princípio, são “perda de tempo”.
Mera ilusão!


A maioria dos seres humanos, em situações normais, não conseguem manter a concentração num bom nível por períodos superiores a 2 horas.
Quantos de vocês já não “se pegaram” totalmente desconcentrados, com a cabeça longe ...
Acho que isso já aconteceu todo mundo!


Adianta continuar?
Não!


Não seria melhor interromper os estudos por 5 ou 10 minutos, levantar, sair do local onde está (isso para mim é fundamental), tomar um café, beber água, etc., e depois voltar aos estudos mais concentrado?


Comigo isso não só funcionou, como, na verdade, permitiu que eu conseguisse manter um bom nível de concentração durante longas jornadas de estudos. No meu caso, eu estudava 50 minutos e descansava 10 minutos.


É importante dizer também cada concurseiro deve se conhecer e, a partir desse autoconhecimento, organizar a sua rotina de estudos e também forma como incluirá e administrará suas paradinhas nos estudos.


É isso concurseiro!


Bons estudos!
Manuel Piñon